Álvaro assinalou 500.º Aniversário do Foral Manuelino

140671041410570259_884395794921157_1573032348119938925_n

O passado dia 26 de julho ficou marcado na Aldeia de Xisto de Álvaro, não só pela realização dos festejos anuais em honra de S. Tiago Maior, mas também pela celebração do 500.º aniversário da atribuição do foral manuelino àquela mui nobre villa, a 4 de agosto de 1514. A ocasião reuniu mais de meio milhar de pessoas, entre Alvarenses, descendentes e visitantes, os quais puderam assistir a um programa variado de atividades, como foi o caso de diversas representações teatrais, a cargo da Companhia de Teatro Viv´Arte. Estas tiveram lugar durante a tarde, na praça daquela vila, junto ao Adro da Igreja Matriz e contemplaram a realização de um cortejo régio (com a presença de el- Rei e de toda a comitiva real), o anúncio do outorgamento do Foral de Álvaro, uma salva de columbrinas e uma mostra das artes e habilidades de trovadores, saltimbancos, acrobatas.

 

Durante aquela tarde, os trovadores encheram os ares de Álvaro com as suas músicas e as bailarinas exóticas esmeraram-se em destreza e requinte. Já os cavaleiros, apresentaram uma mostra de armas com justas e despiques. As representações prosseguiram durante a tarde, com várias teatralizações relacionadas com a outorga do foral novo a Álvaro. Houve festa e arraial popular e não faltaram barraquinhas de artesanato local e tasquinhas de comes e bebes. As celebrações culminaram já de madrugada, com um espetáculo piroaquático a cargo da Pirotecnia Oleirense, o qual teve lugar em plena albufeira do Zêzere, em Álvaro, numa jornada memorável para esta vila com séculos de História.

Posts relacionados

Preferências de Navegação
Quando visita o nosso site, ele pode armazenar informações pela via do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui pode alterar suas preferências de privacidade. O bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência de navegação no nosso site e nos serviços que oferecemos.