Dia da Comunidade Intermunicipal do Pinhal Interior Sul, no passado fim-de-semana

1351241977Dia_da_Comunidade_CIMPIS

Realizou-se nos passados dias 19 e 20 de outubro, pelo terceiro ano consecutivo, desta vez em Proença-a-Nova, a celebração do Dia da Comunidade Intermunicipal do Pinhal Interior Sul (CIMPIS). A sessão oficial de abertura das comemorações teve início no dia 19 de outubro e contou com a presença do Secretário de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa, Paulo Júlio. Aproveitando a ocasião, os autarcas aproveitaram para voltar a atenção de todos em torno da reorganização das NUTS III, alertando para que na base desse estudo não sejam os critérios demográficos os únicos tidos em conta.

José Santos Marques, presidente da CIMPIS e da Câmara Municipal de Oleiros, criticou a proposta de reorganização feita a “régua e esquadro”, a qual estabelece como critérios a agregação um número mínimo de cinco concelhos e de 90 mil habitantes. “A referida proposta esquece factores mais importantes, como a coesão territorial, laços e tradições culturais, proximidades administrativas e políticas, orografia e esforço financeiro que se fez na criação das Comunidades Intermunicipais”, alertou o autarca reforçando ainda que “não nos deveria ser imposto um modelo que não é possível que seja adaptado ao nosso território e população”.

O secretário de Estado justificou-se dizendo que “a competitividade deve ser trabalhada no nível intermunicipal”. Paulo Júlio sustentou ainda que o desenho das NUT III será decisivo para a eficácia do próximo quadro comunitário (2014-2020) e que é necessário as sub-regiões ganharem escala. “Os planos estratégicos de desenvolvimento territorial, que pela primeira vez vão ter de ser feitos entre municípios e com as universidades e institutos politécnicos, não são virados para a infraestrutura, mas para os fatores de desenvolvimento económico e social”, recordou aquele membro do governo.

O programa prolongou-se no dia 20 (sábado), durante a tarde com bastante animação musical e cultural co grupos dos quatro concelhos, no parque urbano. A noite foi reservada a um festival de talentos igualmente com representantes de Oleiros, Proença-a-Nova, Sertã e Vila de Rei. Crianças e jovens, divididas por dois escalões etários, levaram ao palco estilos e sonoridades diversificadas, tanto na área instrumental como vocal.

Posts relacionados

Preferências de Navegação
Quando visita o nosso site, ele pode armazenar informações pela via do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui pode alterar suas preferências de privacidade. O bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência de navegação no nosso site e nos serviços que oferecemos.