Scroll Top

Exposição sobre tradições do linho encerra com chave de ouro

GAIO exposição Linho

Grupo de Danças e Cantares Etnográficos do GAIO brindou os presentes com recriação do ciclo do linho.

A atuação do Grupo de Danças e Cantares Etnográficos do GAIO encerrou com chave de ouro a exposição “Tecer Tradições: do linho, à renda e ao bordado” que esteve patente ao público, de 13 de março a 30 de abril, na Galeria Municipal de Oleiros. Aproveitando o palco do Multiusos, situado nas imediações, o grupo brindou os presentes com uma brilhante recriação do ciclo do linho, fruto de uma importante recolha que tem vindo a documentar.

A mostra – visitada por centenas de pessoas – contou com momentos bastante interativos como o Ateliê das Tradições, no âmbito das Férias Desportivas Páscoa 2022 ou de tecelagem ao vivo, aos domingos, por parte da tecedeira Maria Carmina Alves, do Tear da Terra (Vale do Souto – Oleiros). A iniciativa pretendeu divulgar as tradições ancestrais de Oleiros associadas à cultura do linho, passando pela tecelagem mecânica (no tear) ou manual (pelo Macramé), não esquecendo os lavores de sempre, como a renda e o bordado, com destaque para o Bordado de Castelo Branco.

Recorde-se que a Galeria Municipal, aberta ao público desde o início do ano, tem prevista uma programação cultural que apresenta de forma alternada o que de melhor se produz no concelho e ao nível nacional/internacional.

Posts relacionados

Preferências de Navegação
Quando visita o nosso site, ele pode armazenar informações pela via do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui pode alterar suas preferências de privacidade. O bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência de navegação no nosso site e nos serviços que oferecemos.