Graffiter português Sérgio Odeith pintou um painel religioso em Oleiros

hdrpl

Sérgio Odeith, graffiter português internacionalmente premiado, pintou recentemente em tela a fachada da Igreja Matriz de Oleiros. Esta iniciativa surge no contexto do projeto “Arte à Porta”, dinamizado pelo Município de Oleiros, que deu nova vida a mais de 30 portas de edifícios devolutos e não só, proporcionando um autêntico roteiro pelas ruas do centro da Vila.

De portas abertas à arte urbana, Oleiros desafiou Odeith a criar um novo ponto de atração turística, sendo o primeiro trabalho deste género nesta Vila da Beira Baixa.

A fachada posterior da Igreja Matriz de Oleiros, com cerca de 8 metros de altura e 5 de largura, foi pintada em tela durante cinco dias por Sérgio Odeith e retrata a Padroeira de Oleiros – Nossa Senhora da Conceição – de uma forma diferente, criando impacto visual para quem passa na circular externa, e para quem usufrui do espaço envolvente da Igreja, que é também um excelente miradouro. Para o efeito, o artista baseou-se na figura original de Nossa Senhora da Conceição que está no interior da própria Igreja, recorrendo também para inspiração à grandiosidade do interior deste monumento.

A Igreja Matriz é um dos edifícios de cariz religioso mais emblemáticos da Vila, onde os Oleirenses têm vindo, geração após geração manifestar a sua devoção, contudo, o exterior simples não faz adivinhar a sua imponência e riqueza interior.

Com esta intervenção, a Igreja ganha destaque prestando tributo à padroeira que tanto significado tem para os Oleirenses.

A aceitação e o impacto da arte urbana na Vila de Oleiros tem sido bastante positivo, tanto para as gentes locais como para quem nos visita, e por isso o Município prevê a continuidade deste tipo de projetos no sentido de criar atratividade, dar a conhecer artistas locais e receber também artistas de renome.

Recorde-se que a criatividade de Odeith já fez com que o artista tivesse trabalhado com empresas nacionais e internacionais conhecidas, como a Coca-Cola, a Samsung, e também a London Shell. Além destas, colaborou ainda com a Câmara Municipal de Lisboa e de Oeiras, locais onde fez vários murais.

Após a conclusão do trabalho em Oleiros, deslocou-se para a Suíça e posteriormente para a Austrália onde estará durante vários dias em trabalho. Quanto a eventos, passou por locais como o Meeting of Styles, na Alemanha, Museum of Public Art, em Louisiana, nos EUA, ou o MuBE – Museu Brasileiro da Escultura, em São Paulo, Brasil.

A obra mais recente do graffiter, em Vila Franca de Xira, tornou-se viral nas redes sociais. Trata-se de uma parede numa fábrica abandonada que deu origem a um autocarro em 3D, técnica que celebrizou Sérgio Odeith.

Posts relacionados

Preferências de Navegação
Quando visita o nosso site, ele pode armazenar informações pela via do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui pode alterar suas preferências de privacidade. O bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência de navegação no nosso site e nos serviços que oferecemos.