Música, teatro, ateliês infantis: Tudo para celebrar o Natal em Oleiros

154540757248312873_10218038716059737_2307393831709966336_n

A época Natalícia é tradicionalmente uma época da família, de regresso a casa e de reencontros.

Como tal, o Município de Oleiros assinala de várias formas esta quadra para que possa desfrutar destes dias no nosso concelho.

A Casinha do Pai Natal é por estes dias, o sítio preferido das crianças e continua aberta até dia 23 das 10:00h às 19:00h e no dia 24, das 10:00h às 13:00h.

Esta casinha acolhedora e de entrada gratuita situa-se no Coreto do Jardim Municipal e no seu interior, pode encontrar os ajudantes do Pai Natal e fazer um pedido de última hora a esta figura lendária de barbas brancas.

No mesmo local, irão decorrer várias atividades no sábado (22), nomeadamente: o Ateliê do mobile de Natal (10:00h – 12:00h), o Ateliê de bolas de Natal (15:00h – 16:30h) e a Hora do Conto (16:30h – 17:00h).

Já no dia 23 (domingo) entre as 10:00h e as 12:00h irá realizar-se o Ateliê de postais de Natal.

Ainda na zona envolvente à Casinha do Pai Natal, assim como em parte da zona histórica da Vila, aprecie as habituais luzes e ouça música natalícia pelas ruas.

O Município está a promover também a realização de 6 concertos orquestrais, num ensemble de cordas, piano e soprano que percorrerão algumas igrejas matrizes do Concelho.

Tendo passado já pelo Estreito e Madeirã, este fim-de-semana realizam-se mais dois concertos Sons de Natal: no sábado dia 22 (pelas 21 horas), em Sarnadas de S. Simão e no domingo, dia 23 (pelas 16 horas) no Mosteiro.

Os dois últimos concertos estão agendados para o início do Ano, nos dias 5 e 6 de janeiro, à tarde, com os Concertos de Reis em Álvaro e Oleiros.

Por estes dias, a turma de Teatro da Universidade Sénior de Oleiros, repete o êxito da estreia, e a peça de teatro ALMA volta à cena nos dias 22 (21:30h) e 23 de dezembro (16:30h) no Auditório da Santa Casa da Misericórdia de Oleiros.

Com encenação de Rui Espinho e um elenco composto por Alexandre Milheiro, Anabela Dias, António José Luís, Conceição Antunes, Elisa Alves, Emília de Deus, Helena Pedro, Maria Dias e Telma Veríssimo, a peça aborda a memória local de Oleiros e aspetos da sua identidade.

Posts relacionados

Preferências de Navegação
Quando visita o nosso site, ele pode armazenar informações pela via do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui pode alterar suas preferências de privacidade. O bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência de navegação no nosso site e nos serviços que oferecemos.