Pedreira da Penha Alta

Este local preserva registos da atividade biológica, com cerca de 470 milhões de anos. As rochas quartzíticas verticalizadas exibem fósseis de Cruziana, marcas de alimentação de trilobies e Skolithos, galerias de habitação de vermes primitivos. Algumas lajes apresentam marcas de ondulação resultantes do movimento de areias por ação de correntes marinhas preservadas nas rochas.

Todas as evidências permitem reconstruir o paleoambiente ordovício, como um ambiente oceânico pouco profundo, na margem continental.

Coordenadas GPS:
39º56’59’’N 7º46’03’’W

Preferências de Navegação
Quando visita o nosso site, ele pode armazenar informações pela via do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui pode alterar suas preferências de privacidade. O bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência de navegação no nosso site e nos serviços que oferecemos.