Sabores do Mediterrâneo – Património Imaterial da Humanidade em destaque na Páscoa em Oleiros

1425059023mediterraneo

As populações que ao longo dos séculos se fixaram na região da Beira Interior, em grande parte dominada por zonas de montanha e de floresta, pouco propícias à agricultura, perceberam desde cedo a importância da criação de gado caprino e ovino para o seu equilíbrio alimentar. Os beirões sempre aproveitaram, o melhor possível, as carnes do gado miúdo, dando-lhes um lugar de destaque nas mesas de festa e preservando, nalguns casos, saberes dos antigos povos do Mediterrâneo. Nos fins-de-semana da Páscoa, nos dias 28 e 29 de março e 4 e 5 de abril, 9 restaurantes do concelho* vestem-se de festa e participam na sétima edição do Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho, no qual a carne de caprinos marca o mote.

Estes dois pratos nobres, genuínos Sabores do Mediterrâneo – Património Imaterial da Humanidade da UNESCO, faziam parte das ementas dos casamentos e dos batizados, das festas de aldeia e das celebrações do calendário litúrgico. Assim, na Páscoa, aproveite e vá até Oleiros deliciar-se com a mais autêntica gastronomia nacional.
*Os estabelecimentos aderentes ao Festival Gastronómico são, em Oleiros: Callum (272 680 010), Casa Peixoto (272 682 250), Ideal (272 682 350), Maria Pinha (965 586 477), Prontinho (272 682 338), Regional (272 682 309), Salina (961 258 844), em Orvalho: Pérola do Orvalho (272 746 119) e em Ponte de Cambas: Slide (965 720 287).

Posts relacionados

Preferências de Navegação
Quando visita o nosso site, ele pode armazenar informações pela via do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui pode alterar suas preferências de privacidade. O bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência de navegação no nosso site e nos serviços que oferecemos.