UNESCO reconhece território

1571135438UNESCO

O Conselho dos Geoparques Mundiais da UNESCO propôs um cartão verde ao Geopark Naturtejo, Geoparque Mundial da Unesco por mais quatro anos.

A avaliação muito positiva resultou de uma visita ao território, no passado mês de julho, por dois especialistas daquela Organização: Sara Gentilini, italiana (coordenadora do Magma Global Geopark Centre, Noruega) e Henning Zellner, alemão (coordenador do Geopark Hartz, na Alemanha). Este é um processo que ocorre a cada quatro anos e que pretende verificar se o plano de desenvolvimento do Geopark está a ser aplicado em conformidade.

No caso de um parecer favorável, é garantida a revalidação da marca por mais quatro anos, como foi o caso.

Segundo o Geopark Naturtejo, este é o resultado das políticas de desenvolvimento sustentável aplicadas num território que inclui o os concelhos de Idanha-a-Nova, Nisa, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão.

Do mesmo modo, este decorre também dos projetos em curso para a valorização do património geológico de relevância internacional existente, assim como do dinâmico trabalho da equipa da Naturtejo com os seus municípios e as empresas locais que cada vez mais aderem à estratégia Geoparque para a valorização geográfica dos seus produtos e serviços.

Posts relacionados

Preferências de Navegação
Quando visita o nosso site, ele pode armazenar informações pela via do seu navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui pode alterar suas preferências de privacidade. O bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência de navegação no nosso site e nos serviços que oferecemos.